segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

O que eu tô querendo dizer...



...é que eu entendo o que é se sentir a menor e a mais insignificante das criaturas do mundo, e isso faz você sentir dores em lugares que nem sabia que existiam no corpo. E não importa quantas coisas eu faça, quantas bebidas eu tome, quantas vezes vou ficar sem comer; eu ainda vou pra cama toda noite pensando em cada detalhe, imaginando o que fiz de errado ou como pude ter interpretado mal, e como foi que por um breve momento eu achei que poderia ser tão feliz. E depois de tudo isso, demore o tempo que tem que demorar, eu vou pra um lugar novo, vou conhecer pessoas novas que vão fazer eu me valorizar, e um pedacinho da minha alma vai finalmente poder voltar. E aquela época turva, aqueles anos que eu desperdicei, tudo isso começa a se dissipar.

(O amor não tira férias)

3 comentários:

Isa disse...

Oi, adorei. E é verdade, sempre pensamos em tudo antes de dormir principalemnte nas coisas erradas que fizemos, aliais quando não pensamos nas coisas erradas ? hahaha Eu acabei de criar um blog, espero que de uma olhadinha. isafelippe.blogspot.com beijos

Layanna Aquino disse...

Oiee, vai lá no meu blog buscar o selo que dei para o seu blog xD

Beijooos

Carolinne disse...

É mesmo viu, não escapamos desse tipo de pensamento, mais vamos nos recompondo e deixando essas coisas que nos magoaram para trás, para sermos felizes. Beijos :*

Postar um comentário

 
;